COMBATE À GORDURA LOCALIZADA

Pesquisa convida mulheres para participar de estudos

Os estudos analisam os efeitos da radiação infravermelha associada a exercícios aeróbio em mulheres com idade entre 18 e 38 anos e acima do peso

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em parceria com o Instituto de Física de São Carlos (IFSC-USP), realiza uma pesquisa que analisa os efeitos da radiação infravermelha emitida por raios laser, conhecidos como LEDs, associada a exercícios aeróbios em esteira ergométrica, em mulheres adultas jovens. Para a pesquisa serão convocadas 24 mulheres com idade entre 18 e 38 anos, acima do peso e que apresentem gordura localizada e celulite, principalmente nas regiões glúteas e coxas.

O objetivo da pesquisa é verificar se a utilização da fototerapia propicia a melhora da capacidade aeróbia, o aumento da massa muscular, a redução do percentual de gordura e o tratamento contra a celulite. O projeto é coordenado por Fernanda Rossi Paolillo, doutoranda do PPGBiotec, sob orientação dos professores Vanderlei Bagnato e Cristina Kurachi, do IFSC-USP.

As mulheres convocadas para a pesquisa serão divididas em dois grupos. Uma parte será tratada com fototerapia e treinamento aeróbio em esteira ergométrica e o outro grupo fará somente exercícios na esteira ergométrica. O tratamento será realizado duas vezes por semana no período de três meses. As mulheres do grupo que realizarem somente exercícios aeróbios serão inseridas na segunda fase da pesquisa e submetidas a tratamento de fototerapia associada aos exercícios em esteira ergométrica, totalizando seis meses de participação.
Para participar, as interessadas podem entrar em contato com a pesquisadora Fernanda Rossi Paolillo pelo e-mail fer.nanda.rp@hotmail.com e informar o nome completo, data de nascimento, telefone, cidade em que reside, horários disponíveis, peso, altura e os locais em que tem celulite com alterações bem visíveis na pele.