USO INADEQUADO DE COTONETE PODE PERFURAR O TÍMPANO

É importante tomar certos cuidados ao cuidar da higiene dos ouvidos e não exagerar na limpeza

Todo mundo tem cera no ouvido, que pode ser desde a cor amarelo clara até marrom escura. Ao limpar os ouvidos com cotonete o indivíduo pode causar uma lesão ao órgão, além de otites externas, infecções e lesões graves ou leves na membrana timpânica, como perfurar o tímpano, e em último caso pode até precisar de uma cirurgia para correção.

Ao limpar o ouvido o individuo tenta retirar a cera - cerume - do ouvido, que tem a principal função de proteger. O cerume recobre a pele do canal e o protege da água, que pode conter microorganismos nocivos e reter poeira e partículas de areia, impedindo danos ao tímpano.

Segundo o especialista Marcelo Alfredo, do Hospital e Maternidade Beneficência Portuguesa de Santo André, é impossível retirar toda a cera dos ouvidos com as hastes flexíveis, o que se consegue é empurrá-la em direção aos tímpanos. Os resquícios que saem na haste é a cera que já não tem mais utilidade para o organismo e são levadas até o orifício auditivo externo. "Ao limpar os ouvidos estimulamos as glândulas ceruminosas a produzirem mais cera, ou seja, quanto mais limpamos, mais cera nosso organismo produz" explica Alfredo. O organismo tem um processo de autolimpeza, a cera que fica no canal externo do ouvido seca e vira um pó, que é eliminada pelo corpo.

A melhor maneira de retirar o excesso de cera sem prejudicar o ouvido é utilizar uma toalha e fazer a limpeza logo após o banho, limpando somente até onde o dedo alcança, assim a cera não será empurrada em direção aos tímpanos.

"A importância de uma especialista fazer esta remoção é para evitar que haja perfuração no tímpano que pode acarretar em problemas de audição. É indicado que pacientes com esse tipo de problema consultem um médico antes de ir à praia ou piscina para exame e provável remoção da cera", alerta o especialista.